Se você curte tomar um bom drink para descontrair durante um encontro com a família ou amigos, ou para relaxar após uma longa jornada de trabalho, provavelmente já deve ter ouvido falar do novo queridinho dos bartenders: o Gin.

Apesar de ser considerada uma das bebidas destiladas mais antigas fabricadas pelo homem, o Gin reapareceu nos cardápios de drinks de bares e restaurantes de todo o Brasil como a opção favorita para quem quer provar algo clássico, mas diferente. Mas por que o Gin voltou a ser, novamente, o centro das atenções quando o assunto é drink?

O Gin nasceu para ser um remédio

gin remédio

Para entender melhor o sucesso do Gin, é interessante explorar um pouco a sua origem e, principalmente, o como essa bebida foi desenvolvida.  A primeira receita da bebida, criada no século XVII na Holanda, foi desenvolvida para ser uma formulação alternativa aos medicamentos diuréticos, utilizados para tratar doenças renais. Seu ingrediente principal, o Zimbro, é uma fruta conhecida por seus benefícios ao sistema renal mas que, na forma de medicamento, não resultou em grandes vantagens para os pacientes. O sabor aromático do Gin, entretanto, conquistou muitos paladares, permitindo sua popularização como uma bebida alcoólica.

Mesmo sendo criado na Holanda, o Gin só se tornou popular quando chegou à Inglaterra e ganhou mais qualidade na sua produção. Os ingleses, portanto, foram os responsáveis por criar as melhores formulações da bebida que conhecemos até hoje, com sabores e aromas característicos. A fórmula que é engarrafada e distribuída em todo o mundo leva, além do zimbro, algumas ervas e temperos como o milho, a cevada, a canela, o centeio, o coentro e o cardamomo.

A sofisticação é o motivo do sucesso

gin preparo

Apesar de ter sido uma bebida de grande sucesso na década de 80, o Gin caiu em ostracismo com a chegada dos anos 90 e 2000 e a busca por bebidas mais práticas e prontas para beber. O que trouxe esse clássico de volta para as prateleiras de todo o país – e também no mundo – foi exatamente a sua sofisticação, que fez com que a geração de 90 abandonasse a bebida.

Por volta de 2007, os renomados chefs de cozinha europeus optavam por finalizar sua jornada de trabalho em dias muito quentes com uma grande taça de Gin Tônica com bastante gelo. Ao encontrarem a forma perfeita de saborear essa bebida, devolveram algumas receitas ao cardápio de drinks e o sucesso foi instantâneo.

Quem acredita ser fácil preparar uma boa taça de Gin Tônica, por exemplo, não sabe que existem regras e técnicas específicas para montar um bom cocktail. O mesmo acontece com outros drinks derivados conhecidos da bebida, como o Negroni. Como são saborosos e marcantes, o desafio de se encontrar um bom drink com Gin se tornou tão empolgante quanto tomar uma boa cerveja ou uma taça de vinho especial.

Existem Gins com estilos e sabores diferentes

gin sabores diferentes

O Gin é uma bebida que tem como base a fermentação de cereais e alguns produtos destilados, entretanto, os fabricantes costumam fazer suas próprias alterações nas receitas, que permitem a criação de estilos completamente diferentes. Em resumo, o sabor dessa bebida depende diretamente da quantidade de zimbro, ervas, cereais, especiarias e sementes adicionadas à receita do fabricante. Separamos alguns exemplos abaixo:

  • Clássico: é seco e com sabor predominante do zimbro. Apresenta toques cítricos e picantes.
  • Cítrico: seu sabor tem notas de laranja, tangerina, limão ou grapefruit.
  • Aromático: a presença das especiarias é bem forte. Pode ter notas de canela, coentro, cardamomo e noz-moscada.
  • Herbal: o forte dessa receita é o sabor de ervas como o tomilho, a hortelã, o alecrim e o manjericão.
  • Floral: desenvolvido com aromas de flores e frutos como a flor de uva verde, o cassis, a violeta e o jasmin.

Receitas clássicas e imperdíveis

Para aproveitar o melhor do Gin, nada mais apropriado do que saborear suas receitas clássicas e que tornaram essa bebida um ícone da coquetelaria moderna. Separamos abaixo três das nossas receitas favoritas com essa bebida:

Gin Tônica

gin tonica

Sirva, no copo com gelo, os 50mL de Gin e complete a bebida com a tônica. Finalize com o twist de limão siciliano, sem esmagá-lo para não alterar o sabor.

Cosmopolitan

gin cosmopolitan

Coloque todos os ingredientes em uma coqueteleira, agite bem e sirva em uma taça de Martini sem gelo (se desejar deixe a taça resfriar alguns minutos antes na geladeira).

Negroni

gin negroni

  • 50mL de Gin
  • 50mL de vermute (preferencialmente rosé)
  • 50mL de Bitter

Em um copo de whisky com gelo adicione os ingredientes e mexa delicadamente com o auxílio de uma colher para drinks. Adicione mais gelo ao final, se desejar.

 

Os drinks com Gin são a sensação do momento e essa é uma tendência que vai durar por algum tempo nos cardápios de bares e restaurantes. Você já saboreou esse clássico antes? Que tal preparar um em casa? Veja um vídeo de uma de nossas receitas favoritas abaixo: