Especialmente conhecido por originar o chá de hibisco, o protagonista dessa bebida carrega consigo características, histórias e propriedades benéficas que se tornaram famosas em todo o mundo. Seja para uso culinário ou medicinal, a planta tem aparecido cada vez mais na rotina dos brasileiros. Que tal saber mais sobre o que é hibisco?

O descobrimento de uma planta versátil

O gênero Hibiscus L. é uma planta da família Malvaceae e que tem centenas de espécies.

Algumas dessas espécies, por exemplo a Hibiscus sabdariffa, que produz o popular chá de hibisco, são comestíveis. Porém, é importante saber que existem outras (hibiscos ornamentais/decorativos) que não são indicadas para consumo, já que contêm alto nível de toxinas contidas em suas composições. Elas geralmente são encontradas em jardins e têm coloração amarela, rosa ou roxa.

O hibisco comumente conhecido, que é o empregado em fins alimentícios e terapêuticos, apresenta pétalas de tons vermelhos intensos. Além de elas serem utilizadas na produção de chás e fitoterápicos, por exemplo, seus frutos e caule também podem fazer parte das linhas de produção, tornando a planta um alimento quase todo comestível.

o que é hibisco rosa

Ingrediente de prestígio internacional

A origem do hibisco é incerta, com registros das primeiras aparições na África Oriental e Ásia.

Quando chegou à Europa, seu sucesso não foi imediato, mas o sabor, a complexidade aromática e as propriedades benéficas da planta conquistaram fãs no continente um tempo depois. No Brasil, desde quando desembarcou pelas mãos de escravos, seu consumo se tornou cada vez mais popular.

Além do habitual nome de hibisco, a planta, que é encontrada em regiões tropicais e subtropicais de todo o mundo por se adaptar melhor a lugares mais quentes, também pode ser identificada como:

  • Azedinha;
  • Cardade (Itália);
  • Flor-da-jamaica;
  • Gongura (Hindu);
  • Groselha;
  • L’oiselle (França);
  • Papoula;
  • Pulicha keerai (Árabe);
  • Roselle (Inglaterra);
  • Vinagreira;
  • Entre outros.

o que é hibisco pétalas

Planta com propriedades medicinais

Se você quer entender melhor por que o hibisco caiu nas graças do público, especialmente o brasileiro, vale saber ele contém propriedades que podem ser benéficas à saúde.

O hibisco é rico em antocianinas, cálcio, cobre, ferro, fibras, fósforo, magnésio, polifenóis, potássio, vitaminas A, B1, B2, B3 e C, entre outros nutrientes. Por isso, juntamente com hábitos saudáveis e uma dieta indicados pelo seu nutricionista, o consumo da flor in natura ou desidratada em chás, geleias, molhos, saladas e outras receitas pode ajudar o seu organismo a:

  • Melhorar as atividades digestiva e diurética, auxiliando na digestão, retenção de líquidos e inchaços;
  • Controlar a pressão arterial e reduzir o colesterol, prevenindo doenças cardiovasculares;
  • Fortalecer o sistema imunológico contra infecções e inflamações, tendo ação antioxidante, antibactericida e anti-inflamatória;
  • Preservar o bom funcionamento de órgãos como cérebro, fígado, intestino e olhos;
  • Reduzir as chances do aparecimento de câncer e dores nas articulações;
  • Proporcionar sensação de calma e relaxamento, diminuindo a ansiedade.

o que é hibisco chá

Hibisco como medicamento fitoterápico

Além de ser um ingrediente versátil e utilizado em receitas de salgados, doces e bebidas, o hibisco também se destaca por poder ser adicionado à produção de medicamentos naturais, seja de forma individual ou misturado com outros ingredientes.

Caso o seu médico ou nutricionista recomende um tratamento com a planta específico para o seu organismo, o consumo dela em cápsula, seca ou solúvel pode auxiliar o seu corpo a conquistar os resultados que você e ele definiram em conjunto, além de reduzir a chance de efeitos colaterais.

o que é hibisco desidratado

Você já consumiu a planta? Tem alguma receita de que gosta?

Agora que você sabe o que é hibisco, suas particularidades e curiosidades, aprenda a preparar um kombucha de hibisco!