Nada como um cafezinho de manhã, após o almoço ou no fim da tarde, não?

Somos o país que mais produz café no mundo e o segundo que mais consome. Só no ano passado, cerca de 40% da nossa safra foi destinada ao mercado interno. E se o café é um queridinho dos brasileiros, cada vez mais as máquinas de café domésticas – onde usamos as cápsulas – estão ganhando espaço na preferência do brasileiro. Há estimativas de que nos próximos quatro anos, o café em cápsulas deva atingir de 3% a 4 % do mercado*.

Mas, a praticidade gera resíduos. Como podemos descartar essas cápsulas corretamente para que elas possam ser recicladas e utilizadas na fabricação de novos produtos?

Programa de Reciclagem de Cápsulas de Café

cápsulas de café - texto

Pensando nesse cenário, o Pão de Açúcar, marca pioneira em ações inovadoras e que tem a Sustentabilidade como pilar estratégico, lançou uma iniciativa em 2016 que facilita a reciclagem desse resíduo, por meio de uma parceria com a NESCAFÉ® Dolce Gusto®.

O Programa de Reciclagem de Cápsulas de Café disponibiliza coletores em 19 lojas do Pão de Açúcar em diversas cidades em São Paulo, Paraná e Rio de Janeiro.

As cápsulas de café depositadas pelos clientes nos pontos de coleta são destinadas à indústria, passam por um processo de reciclagem que permite que os resíduos sejam transformados em insumos para a elaboração de novos produtos, dentro do conceito de economia circular. Um dos produtos é o porta-cápsulas Renove, da marca NESCAFÉ® Dolce Gusto®, vendido no site da marca.

São coletadas, em média, 1,4 toneladas de cápsulas por mês!

Descarte suas cápsulas com a gente

Aproveite para separar suas cápsulas de café e descartar nas lojas das cidades abaixo:

Barueri:

  • Alphaville – Alameda Madeira, 152 – Alphaville Industrial
  • Alphaville II – Av. Marte 624 – Alphaville – Santana do Parnaíba, SP

Campinas:

  • Campinas Cambuí – Av. General Osório, 1844 – Conceição
  • Campinas Itapura – Av. Barão de Itapura, 2233 – Guanabara

Curitiba:

  • Rep. Argentina – Av. República Argentina, 391/435/447 – Água Verde
  • Batel – Rua Coronel Dulcidio, 915 – Batel

Indaiatuba:

  • Indaiatuba – Av. Presidente Vargas c/ Av. dos Trabalhadores, s/n°

Santana do Parnaíba:

  • Tamboré – Av. Marcos Penteado de Ulhoa Rodrigues, 3212 – Tamboré

São Caetano do Sul:

  • São Caetano-Maranhão –  Rua Martin Afonso, 2162 – Champagnat

São José do Rio Preto:

  • Bady Bassit – A. Bady Bassit, 5300 – Jardim Alto Rio Preto

São Paulo:

  • Jardim Paulista – Av.Brig.Luis Antonio, 3126 – Jd.Paulista
  • Cardoso de Almeida – R.Cardoso de Almeida, 472 – Perdizes
  • Tatuapé – Rua Serra de Japi, 647 – Vila Gomes Cardim
  • Ricardo Jafet – R. Prof. Serafim Orlandi 299 – Vila Mariana
  • Vila Clementino – R.Dr.Altino Arantes, 268 – Vila Clementino
  • Teodoro – R. Teodoro Sampaio, 1933 – Pinheiros
  • Cerro Corá – R. Bairi, 435 – Alto da Lapa
  • Washington Luiz – Avenida Washington Luís, 3919 – Chácara Monte Alegre

Rio de Janeiro:

  • Leblon – Rua José Linhares, – Leblon

*Fonte: Associação Brasileira da Indústria do Café (Abic)