Quando o assunto é fazer a harmonização de vinhos e peixes, sempre pensamos em escolher uma garrafa de vinho branco, certo? Mas a combinação desses tipos de carne e bebidas pode ir muito além do que consideramos uma escolha segura.

É claro que os rótulos brancos vão continuar sendo a escolha ideal para alguns tipos de peixe, mas que tal aprender algumas dicas para fugir do óbvio na próxima harmonização?

Truta

harmonização de vinhos e peixes - truta

A truta é um saboroso peixe de água doce que não precisa de muito para ser preparada. Basta jogar um temperinho e pronto, ela já está pronta para degustar.

Para não comprometer o sabor desse peixe, o melhor é ir a território seguro e escolher vinhos brancos feitos com a uva Sauvignon Blanc, que são bastante discretos e suaves.

Salmão

harmonização de vinhos e peixes - salmão

O Salmão é um peixe sofisticado e cada vez mais comum no prato do brasileiro. Seu sabor marcante deve ser combinado com um bom tinto leve. O Pinot Noir,  um Syrah, ou um saboroso vinho rosé (que pode ser espumante ou não) são boas escolhas.

Sua forma crua, servida nas culinárias japonesas, harmoniza muito bem com espumantes brut.

Linguado

harmonização de vinhos e peixes - sardinha

O linguado é um peixe com sabor delicado. Por isso, precisa de um vinho que não comprometa seu sabor e enalteça sua leveza.

Ele pode ser harmonizado com vinhos brancos feitos com Chardonnay ou Sauvignon Blanc.

Sardinha

harmonização de vinhos e peixes - linguado

Esse clássico peixe utilizado em pratos portugueses é a pedida certa para servir com…vinhos portugueses, não é mesmo?

Por ser um peixe de sabor forte e muito mineral, os vinhos verdes (tintos ou brancos) são ideais para equilibrá-los com frescor e acidez.

Bacalhau

harmonização de vinhos e peixes - bacalhau

O bacalhau também é um peixe que carrega o nome de Portugal nas costas e, por isso, a harmonização com vinhos desse país é praticamente uma escolha certa.

Os vinhos verdes vão muito bem com esse peixe, assim como outros vinhos jovens produzidos no país. Escolher rótulos brancos também é uma maneira de acertar com esse peixe com sabores mais complexos.

Tilápia

harmonização de vinhos e peixes - tilápia

Também chamada de Saint Peter, a Tilápia é um peixe que é muito comum no nosso dia a dia, por ser leve, sem espinhos e prático de preparar.

Exatamente por sua descrição, a tilápia é um peixe que vale a pena harmonizar com um bom Pinot Grigio ou, se você quer sofisticar um pouco, um refrescante espumante!

Atum

harmonização de vinhos e peixes - atum

O atum é um peixe muito especial quando servido fresco – e é desse tipo de atum que estamos falando. Sua carne selada é charmosa, saborosa e muito sofisticada, que exige um acompanhamento à altura.

Escolha vinhos feitos com a uva Syrah, Cabernet Franc ou até mesmo um aromático Pinot Noir para harmonizar com seus pratos.

Moqueca

harmonização de vinhos e peixes - moqueca

Moquecas são pratos que desafiam a harmonização de vinhos, por ser uma combinação de vários sabores fortes e intensos: peixe, azeite de dendê, óleo de coco, pimentão e coentro. Mas ela combina com um bom vinho sim!

Opte por investir em vinhos brancos secos e que não competem com o mix de sabores desse prato. Vinhos feitos com Riesling ou Sauvignon Blanc são excelentes escolhas.

Paella

harmonização de vinhos e peixes - paella

Outro prato tipicamente preparado com peixe – e muitos frutos do mar – é a Paella. Mas a sua harmonização é simples: sempre procure por um bom tinto espanhol para equilibrar essa mistura de sabores desse delicioso prato.

Dicas para não errar na harmonização

Muitos outros peixes que não citamos aqui podem ser harmonizados com um bom vinho. Para não errar na escolha do rótulo, alguns cuidados podem ser essenciais:

  • Atente-se as características do peixe (mais gorduroso, mais suave, forte sabor mineral). É de acordo com as características que você escolhe o vinho adequado;
  • Observe também o acompanhamento do prato, para que o vinho esteja adequado a ele;
  • Molhos, modo de preparo e crostas também podem alterar o sabor do peixe. Atenção a esses detalhes na hora de harmonizar.

Qual a sua combinação favorita entre peixe e vinho? Conte pra gente!