Um bom apaixonado por vinhos sabe que a melhor maneira de guardar suas garrafas em casa é contar com a ajuda de uma adega. Mas se você ainda não tem esse espaço para seus rótulos favoritos, que tal aprender a montar uma adega em casa, de maneira simples, com a gente?

Uma adega em casa precisa do ambiente perfeito

Uma boa adega de vinhos depende de três características essenciais para dar certo:

  • Temperatura do local;
  • Baixa incidência de luz solar ou artificial;
  • Baixo risco de trepidação ou movimentação das estruturas.

Todos esses três fatores (movimento, temperatura e presença de luz) podem influenciar na manutenção da qualidade de um vinho e, por isso, devem ser cuidadosamente levados em consideração.

Garanta também que o mesmo ambiente conte com um espaço fácil para se deslocar e que você possa deixar, bem próximo, itens que completarão sua experiência com o vinho (decoração, utensílios e taças).

adega em casa - artesanal

Use estruturas firmes para suporte dos vinhos

Você pode optar por guardar seu vinho em estruturas de adega eletrônica (com controle automático de temperatura, luz e trepidação), fazer um projeto arquitetônico de adega (iguais aquelas que vê em restaurante) ou montar o seu espaço de maneira “artesanal”.

Para o espaço artesanal, lembre sempre de escolher peças que garantam estruturas firmes para suporte dos vinhos (como caixas de madeiras com verniz ou pedras) e que elas sejam posicionadas de maneira que não se movimentem. Lembre-se também que os vinhos precisam ficar deitados nesse ambiente.

Tenha tipos de vinhos diferentes para situações diferentes

Todo mundo tem um tipo de vinho favorito, mas para uma adega é importante contar com estilos diferentes para lhe atender em várias situações.

Por isso, na sua adega em casa, conte sempre com pelo menos:

É claro que as quantidades podem – e devem – variar no seu espaço, mas tente manter essa variedade para atender a todo o tipo de ocasião!

adega em casa - escolher vinhos

Guarde as garrafas da maneira certa

Para armazenar os vinhos da maneira certa na adega em casa, você vai precisar se atentar às características de cada rótulo. Por isso lembre-se que:

  • Todas as garrafas devem ser armazenadas deitadas (e as abertas, que ficarão em pé, devem ser consumidas rapidamente);
  • Vinhos tintos devem ser os mais distantes da luz e calor;
  • Vinhos brancos, espumantes e rosés podem ir para a geladeira, na prateleira inferior, caso você tenha limitação de espaço. Lá eles permanecem bem por até 6 meses;
  • Seu vinho de sobremesa também pode ser guardado na geladeira, se desejar, pelo mesmo prazo de seis meses.

Equipe o espaço com taças e utensílios

Você provavelmente já deve saber que existem taças ideais para o consumo de diferentes tipos de vinho. Por isso, na sua adega em casa – ou pertinho dela – você deve deixar as taças que vão atender aos diferentes tipos de consumo.

Além das taças, esse espaço também precisa contar com os utensílios certos para sua experiência com as garrafas favoritas. Por isso deixe nesse ambiente, acessórios como:

  • Saca rolhas;
  • Decanter;
  • Cortador de lacre de garrafas;
  • Marcadores de copo;
  • Corta gotas;
  • Descanso para copos;
  • Fechadores a vácuo.

adega em casa - utensílios

Montar uma adega em casa é fácil. Essas dicas te ajudaram? Quais vinhos você vai usar para equipar esse espaço? Compre com a gente no Pão!