Com os dias de temperaturas mais altas e o final de ano chegando, o espumante é uma bebida que ganha cada vez mais espaço na mesa do brasileiro. Apesar de parecer relativamente fácil de saborear, alguns cuidados específicos na hora de servir e consumir a bebida podem lhe ajudar a melhorar a experiência – especialmente se você tem um bom rótulo em mãos.

Que tal conferir essas dicas para servir e saborear o seu espumante?

servir espumante - 1

Escolha a taça certa

O primeiro cuidado que você deve ter para servir e saborear o seu espumante é escolher a taça certa para aproveitar essa bebida.

A taça ideal para servir o espumante é a tipo flute, ou flauta, que é mais alongada e com a boca estreita. Esse formato ajuda não apenas a conservar as bolhas produzidas por essa bebida, como também valorizar seu sabor e aroma.

Vale lembrar que a haste deve ser grande o suficiente para você segurar a taça por lá, evitando esquentar a bebida (que deve sempre ser consumida gelada).

O espumante não foi feito para sacudir antes de servir

Por mais que o espumante seja uma bebida festiva, é muito errado sacudir a garrafa antes de abrir e servi-lo a seus convidados. Acredite, você consegue a mesma sensação de celebração ao abrir essa garrafa com cautela!

Ao sacodir a garrafa, além de perder praticamente a metade do líquido que sai por lá, você também prejudica a concentração de bolhas e o sabor da bebida, influenciando muito na experiência que vai ter ao consumi-la.

Muito cuidado ao abrir

A primeira dica para abrir o espumante da maneira correta é, não abrir assim que ela chegar das compras ou logo após usar o transporte para chegar em algum local. A movimentação do veículo que foi usado para transportar a bebida pode deixar seu interior agitado, com grandes riscos de estourar a rolha antes mesmo de abrir. Por isso, deixe que ela descanse.

Algumas horinhas depois, prepare-se para abrir a garrafa tomando os seguintes cuidados:

  • Não aponte a garrafa para pessoas, cristaleiras ou tetos de gesso;
  • Segure a garrafa com uma mão e a rolha com a outra;
  • Gire a garrafa lentamente (nunca a rolha!) até a rolha se soltar;
  • Use polegares e outros dedos para auxiliar a soltar a pressão.

servir espumante - 2

Acerte na temperatura para servir

Um bom espumante é servido em temperaturas baixas, que variam entre 6°C e 8°C. Para rótulos mais complexos e com mais corpo vale a pena investir em aumentar um pouco a temperatura, servindo entre 9°C e 13°C.

Vale lembrar também que, uma vez aberto, o espumante deve ser servido rapidamente, inclusive na taça, evitando preenchê-la aos poucos. Se necessário sirva em dois tempos, colocando um pouco para preencher o fundo, esperar a espuma descer um pouco e servir o resto.

Gelo não é território proibido para alguns rótulos

É claro que você já ouviu falar que colocar gelo em uma taça de vinho ou espumante é praticamente assumir que vai estragar a bebida. Entretanto, alguns tipos específicos de espumante podem combinar com essa técnica que tem virado tendência na Europa no verão.

Por isso, se você quer experimentar gelar seu espumante com gelo, prefira aqueles de sabor mais intenso para evitar que a bebida fique muito aguada.

Acerte nas harmonizações

Para usufruir de todas as características de um bom espumante, além de servi-lo da maneira e na temperatura correta, é preciso saber harmonizá-lo com os pratos ideais:

  • Um bom espumante brut é bastante versátil e pode combinar com pratos que vão desde a salada, até carnes vermelhas mais leves;
  • Os extra brut, que são ainda mais secos, vão bem com pratos ácidos ou gordurosos, como saladas, lagostas, ostras, ceviches e massas com molho branco;
  • O espumante seco é excelente para começar a noite e acompanhar petiscos e aperitivos;
  • Os demi-sec vão bem tanto com frutos do mar, como com sobremesas, por serem levemente adocicados;
  • Espumantes doces devem acompanhar frutas, fondues doces, chocolates, panetones e outras variações de sobremesas e pratos doces.

 

Você já renovou seu estoque de espumantes? Aprendeu direitinho como saboreá-lo? Compartilhe conosco suas opiniões e experiências sobre o assunto!